Close
Skip to content

A Lila

Muita prazer, sou Marília! Mas pode me chamar de Lila.

Escritora, jornalista, inventadeira, astróloga arquetípica, ecofeminista, deep time storyteller.

Alma inquieta, curiosa, questionadora, revolucionária. Contadora de histórias desde sempre. Mas ficcionista desde 2015.

Aplaudo e admiro gente ética, congruente e verdadeira. Me indigno com injustiça, mau-caratismo, fake news, maldade, fofoca e canalhice. Me nutro com música, dança, cultura pop, livros, meditação, contemplação, o lúdico, o belo, arte, prosas, trocas, amigues, afeto, simplicidades, viagens literais, literárias e metafóricas. E, claro, inventação!

‘Quando alguém inventa alguma coisa, o mundo anda. Quando ninguém inventa nada, o mundo fica parado’, diz Clara Luz, a sensacional protagonista de A Fada que Tinha Ideias, personagem que interpretei nos tempos de teatro na escola. Desde então, essa frase se tornou meu moto. E me fez mais convicta de que histórias ajudam o mundo a avançar e mudar! Porque histórias tocam e transformam pessoas. E pessoas mudam o mundo.

Jornalista desde 1992 e astrostoryteller desde 2005, escrevi (e muito) pra jornais, revistas, sites, blogs e empresas de Gramado, Canela, Porto Alegre, Canoas e São Paulo. Escrevi muitas biografias e trajetórias inspiradoras, e também participei de programa de rádio e apresentei TV. E em 2019, depois de quatro anos de escrita e muuuita revisão, publiquei meu primeiro livro.

Agora, enquanto trabalho numa nova ficção, escrevo crônicas, devaneio, conto histórias e instigo reflexões sobre esse momento de transição do mundo e sobre nós humans no blog e nas redes sociais. E mais! Crio experiências online (como saraus e workshops) a partir disso tudo e das tramas que invento. Faço palestras e dialogo com minhas leitoras e leitores. Tudo junto-e-reunido, como multipotencial que sou.

Além do meu trabalho autoral, conto trajetórias biográficas, crio textos para revistas, livros e histórias em business storytelling.

Quer saber mais?
Aqui eu conto minha trajetória.
E um pouco do que eu já fiz e inventei por aí, nesse link tem.

DIZEM POR AÍ
“A Lila tem um dos textos mais leves e inteligentes que eu já li. Ela escreve com muita fluidez e vai envolvendo quem a lê de uma forma muito agradável e por vezes divertida! Sim, porque a vida precisa ser leve, agradável e divertida. E as nossas escolhas estão profundamente ligadas a esses resultados. Como boa jornalista que é, Lila sabe a importância de estruturar bem uma linha de raciocínio que seja clara e ao mesmo tempo atraente, pois ela é a essência de um conteúdo de qualidade. Mas é como astróloga escritora que ela revela todo o seu talento e dá um show, trazendo uma linguagem moderna e autêntica, sendo essa a sua principal assinatura.”
Adriana Silveira, jornalista

‘Tuas palavras têm verdade e você consegue transcrever com a tua alma tudo o que você sensivelmente sente, encantando e levando as tuas e as nossas histórias pro mundo da forma mais amorosa que conecta com tudo aquilo que em essência existe. Você capta o melhor de cada história, você capta a alma de cada uma delas. Que tuas palavras permaneçam ressoando nesse lindo universo sedento por AMOR, que é o que tuas palavras entregam❤’
Eliana Colognese, designer

‘No meio de tanta gente que fala das nossas mazelas há quem fale de coisas ásperas sim, mas que consegue traduzir para uma receita doce o que originalmente é difícil de tratar. É assim que vejo teus textos e teu jeito de escrever. Simples, sagaz, inteligente e carregado de significado. Textos que deixam o sentimento do possível, do pode ser feito, do pode ser vivido’. 
Glenn Gomes, consultor de empresas  

‘Nossa!!! Como você captura bem os sentimentos e com uma simplicidade complexa. Questiona as ações e, ao mesmo tempo, fortalece a alma e o coração. Você dialoga com a ferida, enaltece a cicatriz e empurra para frente. Aponta caminhos sem pedantismo e sem ser dona da razão, mas com convicção de quem realmente acredita no que está expressando. Chama as pessoas a olharem para dentro de si, com a preocupação de que elas não fiquem ensimesmadas. Pede para serem autênticas, que observem a dinâmica do mundo muito além das coisas do cotidiano.’
Nair Martinenko, jornalista

“Obrigada Lila, por partilhar coisas mágicas que trazem resultados imensuráveis. Que toda Luz te inspire mais histórias tão lindas como essa da Babi”
Lívia Freitas Müller, psicóloga

prosa, a arte do atendimento digital

Assine a minha lista e receba links pra inspirar sua semana! Preencha seu email abaixo e vem lilar comigo!  

Assine a minha lista e receba links pra inspirar sua semana!

Bem-vindo à essa viagem!