transbordo, escrevo, acalmo.

Se antes eu já era apaixonada por cartas e adepta nata da escrita expressiva, depois de ler O Caminho do Artista, de Julia Cameron, me tornei ainda mais convicta da força e poder que essas palavras lançadas sobre o papel possuem. Nas páginas que escrevo pela manhã. E nas cartas das minhas protagonistas. Porque é […]