Satsang, gratidão e meditação

satsang CantoseMantras

Estou colaborando na divulgação de um evento lindo que Porto Alegre receberá no dia 09 de julho:  Simplesmente Satsang – Cantos e Mantras. Neste encontro,  Marco Schultz, professor de Yoga e Meditação e coprodutor do filme Eu Maior, acompanhado por músicos, apresentará o seu novo DVD e CD duplo “Simplesmente Satsang – Cantos e Mantras“, que reúne cantos sagrados de várias tradições.  A proposta do encontro é, também,  compartilhar momentos de meditação, contemplação e breves ensinamentos.

Mas minha alegria não se deve apenas por colaborar com a divulgação do evento.  Creio que, mais do que isso, estou super entusiasmada com a oportunidade de manifestar minha gratidão e ouvir pessoalmente o cara que, com uma simplicidade incrível que só os mestres possuem, proporcionou o meu momento ‘TaDáááá’ com a Meditação.

Nos primórdios de março, eu havia dialogado aqui sobre o caso mal resolvido entre Meditação e eu.

Naquela época,  não havia jeito de me comprometer seriamente com ela.

Até que um dia, aconteceu.

Estava eu assistindo o vídeo da palestra do Marco Schultz no TEDxLaçador. E aí, ele falou dela:

–  Tão importante a gente, talvez, desmitificar o propósito de Meditação, entendendo Meditação como o silêncio em mim e não meramente o meu silêncio, que talvez nem exista…

UAU!

Finalmente alguém estava falando a minha linguagem, dialogando diretamente com o meu sentimento de inadequação, por nunca conseguir silenciar minha cabeça.

–  Um momento de pausa, simplesmente pausa. Nada mais. Nenhuma necessidade de puxar, de empurrar, fazer alguma coisa acontecer, de parar de pensar… Contempla e abre a possibilidade desse pensamento, que talvez esteja aí, circular livremente, à vontade, e você, um mero observador.

UAU! Sim, sim, sim!

Agora estava claro, reluzente, brilhante! Como eu não havia percebido isso antes?

Meditar é aceitar  a nossa natureza, concordar com ela e, assim, deixar todo o resto passar e apenas observar.  Eis aí o que é o tal contemplar.

Inspirada por essa iluminação, me encontrei com a Meditação na manhã seguinte. E aí, tudo fluiu sem grandes esforços e dores, como o professor-mestre havia dito. Muito linda e naturalmente, como são as coisas do coração.

De lá pra cá, passei não só a compreender na prática o poder que o encontro com a nossa natureza, com o nosso divino, com nossa conexão com Deus, nos dá para vivermos a nossa verdade, como sua potencial forma de nos sintonizar com o tempo e o momento. E assim, aniquilar com a ansiedade que consome o corpo.

Tudo isso só me faz mais empolgada com o Satsang do dia 09 de julho.

Se você quiser participar, está convidado a adquirir seu ingresso aqui.  O valor dele é destinado à manutenção logística do evento, já que este tem financiamento coletivo (crowdfunding), onde todos assumem uma parcela de responsabilidade na realização do mesmo. Adquirindo o convite, você também terá direito a um desconto de 20% na compra dos CDs e DVDs que serão vendidos no local. O Simplesmente Satsang – Cantos e Mantras se realiza na Sociedade Recreativa da Juventude (Rua Silva Jardim, 92 | bairro Auxiliadora) .

Nos vemos lá!

email