O problema sou eu… Sério?

Porque será que homem é tão mais fraco do que mulher nos relacionamentos? Especialmente, na hora de dar a real e dizer que descurtiu uma relação?  Porque é tão mais fácil se esconder atrás do nada-honesto-e-clássico ‘o problema não é você, sou eu’?

Dizem meus amigos testosteronas, em nossos animados almoços, sempre repletos de ponderações sobre o universo das relações, que a frase em questão não é totalmente desonesta. Afinal, o problema realmente é a pessoa – que descurtiu a outra e não sabe como dizer isso. Porque não quer ficar mal com a futura ex.

OK.  Concordo que é difícil dizer isso de fato.

Mas quer saber?

Falar a verdade vai doer menos. Principalmente, se a frase aí ocultar alguma mentira ou terceira pessoa. Tenha certeza, amigo testosterona, que olhar nos olhos lacrimejantes da ex-amada e não dar a real porque você está morrendo de pena dela não vai diminuir em nada o sofrimento. Pelo contrário! Ela até vai acreditar nessa sua mentira deslavada… E vai ter esperança –  bem, isso se ela não tiver nenhuma amiga honesta e sincera o suficiente pra puxar as orelhas dela.

O fato é que ela um dia vai descobrir. E não vai demorar – porque a mentira tem pernas curtas. E isso é muito pior, prezado testosterona. Vai por mim. Acredite. Porque a ex irá sentir-se duplamente apunhalada:  por você e por sua capacidade de mentir olhando fundo nos olhinhos dela. Portanto, caro testosterona, na próxima vez que você desviar fundo dos olhinhos dela, ao menos diga a verdade: que o problema é você, sim, já que você descurtiu e se apaixonou por outra.  Prove a ela que você  não é do tipo covarde, que se esconde atrás de mentiras e omissões.

Texto de Agosto de 2012