Aprenda com os Reis Magos

Imagem: Jia Hao para Nasa

Dizem por aí que os Reis Magos eram sábios astrólogos, astrônomos, conselheiros, alquimistas da Antiguidade. Mas gosto de pensar nestas figuras míticas como símbolos de uma compreensão urgente e necessária na vida minha,  sua, de todo nós.

Que consciência é esta?

A da necessária relação nossa com a natureza nossa interior e a do universo que nos cerca. Uma compreensão que os Reis Magos eram profundos  conhecedores e também disseminadores.  Aliás, credito à ausência desta consciência a crise hoje instalada no mundo. Desaprendemos a perceber os ritmos e os movimentos naturais da vida que nos cerca e como isso está ligado aos nossos próprios corpos. Algo que nos conecta à vibração aqui e agora, ao ritmo coração e do presente.

Sábios, os Reis Magos compreendiam que aquilo que está acima, também está abaixo. E que desta compreensão da relação entre as energias e forças do cosmos e de nossa natureza interior se faz o caminho para uma vida plena, abundante de significado. E assim, riqueza.

Sim! Os dias mais leves e despressurizados que tanto desejamos, longe da escuridão da negatividade que parece assolar o planeta, passam por restabelecer a conexão com as forças e os ritmos que governam todo o universo, inclusive nossos corpinhos, como espécies da natureza que somos. Conexão com as forças da natureza para compreender o modus operandi nosso e do universo.   Eis o que é capaz de mudar efetivamente e de fato nossas próprias vidas e o planeta.