Sobre Alice no País das Maravilhas

alice

Alice e o Coelho: duas faces de uma mesma moeda astrológica

Tempos de Virgo no céu, eixo Virgo-Pisces em alta na Terra!   Nesta energia, fiz facetime com o querido Guilherme Salviano, aka  Astrólogo de Plantão, para analisamos uma das histórias infantis mais populares de todos os tempos: Alice no País das Maravilhas, de Charles Lutwidge Dodgson, aka  Lewis Carroll.  Um conto absolutamente de comportamentos e referências associados ao signo de Peixes,  seu regente Netuno, bem como o signo oposto deste eixo – a saber, Virgem.

What a trip (sim, que viagem)  seria uma boa expressão para descrever esta história que se passa no mundo dos sonhos e da imaginação. Palavras absolutamente do universo pisciano, assim como são alucinógeno, drogas e outras formas de transcender a realidade. Tudo e todos assuntos Peixes-Netuno.

A personagem Alice também é uma bela exemplar do simbolismo pisciano. E listamos porque:  (1) fez uma viagem a um mundo de ilusão e fantasia; (2)  ainda está em transe;  (3) vítima, chora tanto que  suas lágrimas se transformam em um mar (olha Netuno, o deus do mar aí e regente de Peixes, gente).

Conclusão:  a  garota é Peixes exacerbada ao cubo e faz contraponto a um personagem que lhe desfia. Qual? O Coelho Maluco, claro! Um virginiano da gema, com seu alto grau de TOC e paranoias em relação a regras e ao tempo.  Tempo que, aliás, é assunto de Saturno, regente de Capricórnio. Sim, o comportamento do personagem tem traços deste signo também, bem como de Gêmeos, com sua ansiedade e eterna correria.

Importante!
Nesta análise, Guilherme e eu nos limitamos a falar das características  mais evidentes, aquelas que saltam aos olhos e transbordam feito lágrima.  Mas cabe lembrar que,  assim como com pessoas reais, também personagens são um blend, uma soma de referências e  simbolismos astrológicos. Uma verdadeira  mistura fina.